Entrevista a Álvaro Primitivo, Technical Expert da Anturio Espanha

 

Ligamos para si gratuitamente

O nosso 2019 foi em grande…
21 Fevereiro, 2020
TELETRABALHO – Anturio Always ON!
25 Março, 2020

Na sua perspetiva, como é colaborar com a Anturio? E de que forma vê o seu futuro na organização? What’s Next between you and Anturio?

Colaborar com a Anturio é ter a oportunidade de trabalhar num dos maiores parceiros PHC, com uma equipa que defende a excelência da execução em todos os projetos em que se envolve, sejam eles internos ou externos. Entrei em julho de 2017 para reforçar a equipa de consultores, no âmbito da uma estratégia de forte aposta na região do Algarve, agarrei a oportunidade para reforçar a equipa e simultaneamente inaugurar o novo escritório em Faro. A centralização das instalações na capital Algarvia permitiu uma maior proximidade a todos os clientes desta região. A nível pessoal foi um desafio e uma oportunidade que não podia deixar passar. O desafio de defender a camisola de um dos maiores parceiros PHC deu-me a oportunidade de crescer ainda mais e simultaneamente contribuir para o sucesso e desenvolvimento da estrutura nesta região. Não tem sido um percurso fácil, mas também não poderia ser de outra forma. A excelência é um dos 5 valores da Empresa e, para manter a elevada qualidade a que os nossos clientes estão habituados, a entrega e o compromisso diários são fatores chave. A união e entreajuda da equipa ajudam a produzir os restantes. Hoje sinto-me reconhecido, seja a nível interno ou externo, e esta é a melhor recompensa, é o que alimenta a minha motivação e é o “fuel” necessário para manter o motor em elevada rotação. Futuro? Penso nele, mas não me tira o sono. Tenho total confiança na liderança e estratégia da Anturio. Estou certo de que mantendo o nível de compromisso que me trouxe até aqui, a minha evolução surgirá de forma natural como consequência desse reconhecimento e do crescimento da organização.

Qual o maior desafio que a sua função tem na internacionalização da Anturio?

O mercado no país de “nuestros hermanos” é bastante cético quando se trata de analisar soluções de software com outra origem que não nacional. Seja no processo de pré ou pós-venda, é importante transmitir com clareza e segurança o nosso elevado “know-how” e mostrar confiança nas soluções que apresentamos. Falar o mesmo idioma é essencial. Como responsável técnico pela Anturio Espanha tento cumprir esse objetivo com a mesma qualidade com que o faço em Portugal, com a qualidade Anturio a que o cliente final está habituado. Para este processo contamos com a ajuda preciosa e sempre disponível da própria PHC Espanha. É essencial termos uma solução atualizada e a par das últimas exigências legais. Depois, tenho segurança e confiança na nossa equipa de consultores que está sempre disposta a ajudar, a debater ideias e a encontrar soluções.

O que significa sucesso para a equipa e nesta função de destaque, em particular?

Sucesso, para mim é uma consequência da excelência. Definir sucesso é totalmente relativo pois cada um de nós tem os seus parâmetros de sucesso. Sucesso é sermos reconhecidos pela elevada qualidade do nosso trabalho, seja diretamente na sequência de um contacto com um cliente, seja internamente por um qualquer membro da equipa. Neste mercado é essencial manter uma qualidade constante e elevada nos nossos serviços, a concorrência é apertada e é muito fácil para um cliente mudar de parceiro caso não esteja satisfeito. Sucesso é sentir que o nosso trabalho funciona como a melhor máquina de marketing que podemos ter, a melhor publicidade é ter a confiança de um cliente quando são eles próprios que tomam a iniciativa e nos passam leads ou aconselham os nossos serviços. Se o sucesso é ter um crescimento elevado e sustentado nos últimos anos, aliado a uma equipa com forte know-how e motivada, então temos tido muito sucesso!

O que faz da Anturio uma excelente empresa para se trabalhar?

Sou daquelas pessoas que não consegue estabelecer uma divisão entre vida pessoal e vida profissional, para mim o trabalho também faz parte da minha vida pessoal, quando me comprometo visto a camisola 24/7. Posso dizer que vivo a “vida” e o “trabalho” de forma muito intensas. Atualmente está muito na moda falarmos de “life-work balance”, para mim o equilíbrio é essencial, mas não é bom sinal quando tem de ser forçado. Tem de existir uma flexibilidade natural, não somos máquinas que operam das 9h00 às 18h00, executamos tarefas de elevada concentração e por vezes é fora dessas horas que ela existe. Por outro lado, o descanso é essencial, e com os parâmetros elevados da exigência atual cada vez mais é necessário existir uma autonomia responsável nas Empresas. No último ano a Anturio deu um grande passo nesta matéria, o crescimento da estrutura assim o exigia e a reorganização da empresa quanto à gestão de recursos humanos veio trazer uma proximidade e preocupação acrescidas ao bem-estar dos colaboradores. Existem inúmeras vantagens em ser Anturiano, existe um culto da equipa, da família Anturio, com várias atividades e eventos bianuais onde juntamos todos os colaboradores para fortalecer e manter laços de proximidade que nos distinguem de outras multinacionais. Depois, trabalhamos com várias empresas de referência nos diferentes sectores de atividade, poder implementar e discutir diferentes conceitos de negócios, suas visões e estratégias é um fator que nos obriga a uma aprendizagem constante e que potencia o nosso crescimento pessoal.

Quais são os maiores desafios e oportunidades que o negócio enfrenta?

Estou certo de que a entrada em cena do 5G será simultaneamente o maior desafio e oportunidade dos próximos anos, com a rede a atingir velocidades de até 10Gbps permitindo a transmissão de dados em qualquer formato e em qualquer lugar. Vamos eliminar muitas das atuais barreiras e permitir a entrada de novos conceitos, novas formas de emitir e receber informação. As limitações em termos de mobilidade são cada vez menores. Atualmente já é possível ter um ERP totalmente em Web, estou certo de que o conhecimento adquirido nos últimos anos pela nossa equipa nesta área será um fator chave e diferenciador na implementação deste tipo de soluções.

União é um dos cinco valores da Anturio. É possível perceber que há espírito de equipa no trabalho? De que forma?

Todos os dias. É com a partilha de conhecimento e entreajuda que reforçamos o crescimento e competências da equipa. Sempre que sou chamado a ajudar, tento não só contribuir para resolver a dificuldade apresentada como aproveito a oportunidade para debater o conceito e desta forma aliar o “Como?” ao “Porquê?”. Sempre que necessitei de ajuda foi possível comprovar a disponibilidade de todos os colegas em tentar resolver a situação o melhor possível, o ambiente no seio da equipa é muito bom. Temos também iniciativas mensais em cada escritório e bianuais a nível nacional para fomentar esta união. O Anturio Day é um dia inesquecível. O escritório do Algarve é, claramente, um dos exemplos dessa união, de vez em quando reunimos a equipa num almoço convívio ao fim de semana, onde juntamos as nossas famílias à família Anturio.

No dia-a-dia, é possível perceber que há paixão no trabalho?

É a paixão que nos move e para trabalhar nesta área é essencial estarmos apaixonados por ela. Tal e qual como nas relações pessoais, a paixão é o que diferencia um grande amor de um amor inesquecível, é o alimento da relação. É a paixão que nos faz ir mais além, que nos faz dar o “extra-mile” sem esperar nada em troca, é o que nos obriga a reinventar de forma constante em busca de surpreender os nossos clientes com as nossas melhores soluções.

Get to Know you Better

1- O que querias ser quando eras pequeno?

Astronauta

2- Qual é o teu livro preferido?

O Milionário Acidental de Lee Butcher

3- Que série de televisão que mais vês?

Sou mais de filmes, as séries ocupam-me muito tempo, a ultima série foi mesmo Californication

4- Qual é a tua maior paixão?

A minha filha.

5- E a tua maior virtude?

Empatia

6- Para umas férias, prefere praia ou montanha?

Praia

7- O que te falta aprender?

A reconhecer uma mentira no imediato :)

8- Uma frase que te defina

O que me define é o que eu faço, são as minhas ações.

9- Qual é o teu prato gastronómico favorito?

Cozido à Portuguesa, mas feito pela minha mãe.

10- De manhã, não és tu mesmo até que…

Saio do duche.

11- Se tivesses que pôr música, seria uma canção de…

Tantas referencias, para me concentrar tem de ser eletronica, musica é a minha 2ª paixão

12- Uma cidade que, para ti, é cativante e porquê?

Adoro Madrid, quanto melhor a conheço mais gosto de a visitar..